Felipão busca superar marcar de 1997 e maior invencibilidade

2

Invicto há 17 rodadas no Brasileirão, o Palmeiras de Luiz Felipe Scolari, líder com cinco pontos de vantagem sobre o segundo colocado, pode igualar sua série de 18 jogos sem derrotas, obtida entre as edições de 1997 e 1998, também com Felipão no comando. Com mais dois jogos sem ser batido, o time pode também chegará à maior invencibilidade no Brasileirão por pontos corridos.

O Palmeiras foi vice-campeão em 1997 e nos últimos 15 jogos daquele edição conseguiu sete vitórias e oito empates (após dois 0 a 0 na final, o Vasco foi campeão por ter a melhor campanha). As três primeiras rodadas de 1998 completam a sequência. Portanto, entre 1997 e 1998, durante a primeira gestão de Scolari, foram 18 rodadas invicto, com nove vitórias e nove empates.

O aproveitamento na atual sequência é melhor: são 13 vitórias e quatro empates. A última derrota do Palmeiras no Brasileiro deste ano foi no dia 25 de julho, o 1 a 0 para o Fluminense no Maracanã que culminou na queda de Roger Machado.A primeira vitória destas 13 veio contra o Paraná, com Wesley Carvalho, técnico do sub-20, no banco de reservas. Felipão já tinha acertado seu retorno, mas ainda definia a mudança de Portugal para São Paulo. Nos 16 jogos seguintes, o comando já era do ídolo.

Restando seis jogos para disputar, o time alviverde pode chegar à sua segunda maior sequência invicta no Brasileiro, os mesmos 23 jogos sem derrota de 1994, quando também foi campeão. O recorde palmeirense, contudo, ainda é a série entre 1972 e 1973, quando a Academia ficou 26 partidas sem ser batida. Nas duas temporadas desta maior marca, o clube também acabou com o título.

Desde que o campeonato passou a ser disputado por pontos corridos, as maiores séries sem derrota são do Corinthians: 19 jogos em 2017 e 19 também entre as edições de 2010 e 2011. Atlético-PR, em 2004, São Paulo, em 2008, e Sport, entre 2014 e 2015, tiveram 18 rodadas de invencibilidade cada um.

O Palmeiras lidera o Brasileiro com 66 pontos, tendo cinco pontos de vantagem para o Inter. De acordo com o matemático Tristão Garcia, do site Infobola, o time tem 88% de chances de conquistar o título. A agenda alviverde ainda tem: Atlético-MG (fora), Fluminense (casa), Paraná (fora), América-MG (casa), Vasco (fora) e Vitória (casa).

Terra

 

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA