Segurança é reforçada ao redor do Congresso por causa de Bolsonaro

6


A pedido da equipe do presidente eleito, jornalistas foram vetados na parte térrea do plenário da Câmara, situação inédita no caso de sessões solenes (Foto: Reprodução/ Notícias ao Minuto)

Jair Bolsonaro (PSL) participa na manhã desta terça-feira (6) do seu primeiro ato no Congresso Nacional após a vitória do último dia 28.

Ao lado dos presidentes dos três Poderes, ele estará às 10h, no plenário da Câmara dos Deputados, na sessão solene em homenagem aos 30 anos da promulgação da Constituição federal.

O esquema de segurança será reforçado, com interrupção do trânsito nas imediações do Congresso.

Por solicitação da segurança de Bolsonaro, haverá veto à entrada de jornalistas na parte térrea do plenário da Câmara, situação inédita no caso de sessões solenes, de acordo com a área técnica da Casa. O veto a jornalistas no plenário da Câmara durante a presença de Bolsonaro foi comunicado na semana passada às áreas de Comunicação e de Relações Públicas do Senado pelo diretor da Polícia Legislativa da Casa, Pedro Araújo Carvalho.

Em reunião, Carvalho disse que foi a equipe de segurança de Bolsonaro fez a restrição à imprensa. Segundo ele, a tendência é que o mesmo ocorra na visita que o presidente eleito fará ao Congresso no dia da posse, no dia 1º de janeiro.

As restrições seguirão moldes de posse presidencial, segundo a assessoria de imprensa do Senado. A reportagem questionou se há precedentes para aplicação das regras em sessão comum e qual o motivo da medida, mas o órgão não respondeu. Jornalistas poderão ficar apenas na galeria do plenário, local reservados normalmente para os visitantes.

Além de Bolsonaro, irão à homenagem à Constituição de 1988 os presidentes da República, Michel Temer (MDB), do Senado, Eunício Oliveira (MDB-CE), da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ) e do STF (Supremo Tribunal Federal), Dias Toffoli.

Na sessão serão apresentados carimbo, livros digitais e cartão postal comemorativos. Haverá também a abertura oficial da exposição “O Brasil em construção: 30 anos da Constituição Cidadã”.

NoticiasaoMinuto

 

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA