Papa afasta da Igreja outros dois bispos chilenos por abusos sexuais

4

O Papa Francisco afastou da Igreja outros dois bispos chilenos por ligação com “abusos de menores”, anunciou o Vaticano nesto sábado (13) depois de Francisco ter recebido o presidente chileno, Sebastián Piñera, em audiência privada.

Os bispos Francisco José Cox Huneeis, arcebispo emérito de La Serena, e Marco Antonio Ordenes Fernández, arcebispo emérito de Iquique, receberam a maior punição da Igreja Católica “como resultado de atos manifestos de abuso de menores”, afirmou a Santa Sé em um comunicado.

A nota afirma que a decisão do Papa foi definitiva e não está aberta a apelação.

Em maio, em uma iniciativa sem precedentes, 34 bispos do Chile colocaram seus cargos à disposição do Papa, depois de participar de uma reunião de crise com o pontífice convocada após suspeita de terem encoberto casos de pedofilia cometidos por religiosos em suas dioceses.

Em junho, o Papa Francisco aceitou as renúncias de D. Juan Barros, bispo de Osorno (sul do Chile), Cristian Caro Cordero (Puerto Montt), de Gonzalo Duarte García de Cortazar (Valparaiso) e dos responsáveis pelas dioceses de Rancagua e Talca.

Em setembro, foram aceitas as renúncias dos bispos Carlos Eduardo Pellegrín Barrera (da diocese de San Bartolomé de Chillán) e do bispo Cristián Enrique Contreras Molina (da diocese de San Felipe).

Fonte: G1

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA