Agricultores de Barbalha produzem biogás e biofertilizante a partir do esterco

3

Há quase um ano seu Raimundo Manoel da Silva e dona Beatriz Maria da Silva, do Sítio Boa Esperança no município de Barbalha, produzem biogás e biofertilizante a partir do esterco bovino e suíno.

A produção é conseguida através de um sistema de tanques interligados. Eles são alimentados todas as manhãs com uma mistura de esterco e água.

No maior dos tanques, uma tubulação simples coleta o biogás e armazena para o uso na cozinha de dona Beatriz. No fim do sistema fica pronto o biofertilizante que seu Raimundo Manú, como é conhecido, dissolve em água e usa na horta de verduras e nas fruteiras.

Agricultores de Barbalha produzem biogás e biofertilizante a partir do esterco (Foto: Guto Vital/Agência Miséria)

A produção trouxe economia para a família do casal que deixou de comprar gás e já lucra com a venda das verduras da horta. A reportagem do site Miséria esteve na localidade. Assista ao vídeo no final da matéria.

O projeto é uma iniciativa da ENACTUS na Universidade Federal do Cariri e é desenvolvido em parceria com a Associação dos Moradores e Agricultores do Sítio Boa Esperança e com a Ematerce.

Por Ana Lima
Miséria.com.br

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA