Adolescente suspeito de disparar contra pastor diz que o tiro foi acidental

8


As informações foram divulgadas durante a coletiva de imprensa da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), nesta sexta-feira (14) (Foto: Reprodução/Redes Sociais)
Em 14/09/2018 às 16:00

O adolescente de 16 anos apreendido pela Polícia durante a tarde da quinta-feira (13), suspeito de assassinar o pastor Antônio Wanderley de Paulo e roubar seu veículo, alega que o disparo foi acidental. O jovem foi encontrado no bairro Bonsucesso, de acordo com informações divulgadas durante a coletiva de imprensa da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), nesta sexta-feira (14).

O infrator não é a mesma pessoa que foi detida na noite da última quarta (12) sob suspeita de participar do crime. O primeiro suspeito foi ouvido e liberado em seguida, porque não se encaixava no perfil dos autores.

Durante a investigação, a Polícia identificou que três adolescentes participaram do latrocínio na última segunda-feira (10). O jovem apreendido foi, segundo a Políca, que atirou contra a vítima. Os dois outros envolvidos, responsáveis por planejar o crime e por dirigir o carro roubado, ainda estão sendo procurados.

A Polícia afirma ter indícios de que os disparos foram propositais, porém, o fato continua sendo investigado. A continuidade do processo será feita pelo Juizado da Infância e Juventude, através da Delegacia da Criança e do Adolescente. Os três jovens podem responder por atos infracionais análogos à associação criminosa e latrocínio.

Fonte: Diário do Nordeste

 

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA