Mais dois morrem em acidentes com motos no Cariri agora em Porteiras e Várzea Alegre

20

Mais dois morrem em acidentes com motos no Cariri agora em Porteiras e Várzea Alegre (Foto: Reprodução/ Redes Sociais)
Mais duas vítimas fatais em consequência de acidentes de trânsito no Cariri chegando a nove no intervalo de uma semana, sendo dois em Juazeiro, mais dois em Jardim e os demais em Crato, Brejo Santo, Santana do Cariri, Várzea Alegre e Porteiras. Nesta última cidade o agricultor João Antonio da Costa, de 56 anos, que residia na Rua Edvar Soares de Lavor, no centro da cidade, foi encontrado agonizando às 15h30min de ontem na estrada da Serra da Mata na zona rural de Porteiras.

O mesmo estava ao lado de sua motocicleta da qual tinha caído após perder o equilíbrio e terminou socorrido às pressas, porém morreu a caminho do hospital local em virtude de traumatismo craniano. O mesmo ocorreu com o jovem Damião do Nascimento Pereira Lima, de 20 anos, que morava no Sítio Baixio Dantas em Várzea Alegre. O acidente foi às 19 horas do dia 4 de agosto na estrada que liga Várzea Alegre e Iguatu e ele morreu às 19h30min de ontem no Hospital Regional do Cariri.

Por outro lado, na manhã desta quinta-feira houve uma colisão de motos perto do Posto de Combustível Padre Cícero, que funciona BR-230 (Bairro Sanharol) em Várzea Alegre. Uma patrulha da PM esteve no local e as vítimas terminaram socorridas pelo SAMU ao hospital local. O piloto Vicente Gonçalves de Pinho, de 48 anos, que trabalha como topiqueiro, levava na garupa a manicure Raimunda Bezerra Flor, de 33 anos, residentes no Sitio Piripiri na zona rural de Várzea Alegre.

O outro piloto era o aposentado José Rosa de Lima, de 70 anos, residente na Rua Pedro Beca, 48 no bairro Juremal, que não possui Carteira de Habilitação. A colisão foi entre as motos Honda NXR Bros 150 de cor preta e placa HVG-7619, inscrição de Juazeiro, e uma Honda CG 125 Titan KS de cor verde e placa HXU-7318 de Várzea Alegre. Os pilotos apresentavam suspeitas de fraturas e a mulher apenas escoriações pelo corpo.

Por Demontier Tenório
Miséria.com.br

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA