Viúva de mergulhador morto em resgate na Tailândia faz homenagem

5


O mergulhador e sua mulher, em foto de família: morte quando levava suprimentos aos garotos. (Foto:@valeepoan_sinmongkolsup/Instagram)

A mulher do mergulhador Samarn Poonan, morto enquanto tentava resgatar os meninos presos em caverna na Tailândia, postou diversas fotos no Instagram para homenagear seu marido. A primeira imagem, em preto e branco, mostra Valeepoan Kunan sorrindo ao lado de Poonan e uma frase escrita.

“Você sempre estará comigo… Não existe ninguém como você… Sem você, não quero continuar respirando… porque prometemos que usaríamos a mesma respiração.”

Em outra fotografia, na qual aparecem as mãos do casal entrelaçadas com suas alianças de casamento, Valeepoan escreve: “Eu quero voltar e parar o tempo … para sempre”.

Poonan morreu no dia 6 de julho, quando ajudava as equipes de resgate a retirar os doze meninos presos e o técnico do time de futebol Javalis Selvagens de uma caverna, na qual haviam se refugiado da chuva e inundação. Ex-militar da Marinha da Tailândia e mergulhador profissional, ele morreu devido à falta de oxigênio em seu tanque quando levava suprimentos para os garotos.

Sua morte aumentou a preocupação em torno do resgate planejado, que envolveria o mergulho em vários trechos inundados da caverna. A operação, desencadeada ao longo de três dias, foi bem-sucedida.

 

Veja

 

SEM COMENTÁRIO