Prazo para sacar abono do PIS/Pasep acaba hoje; 92% já receberam

9


A quantia que cada trabalhador recebe é proporcional ao número de meses trabalhados formalmente no ano-base, e varia de 80 a 954 reais (Foto: Ricardo Matsukawa/VEJA.com)

Cerca de 92% dos 22,1 milhões de brasileiros com direito a sacar o abono salarial do PIS do ano-base 2016 já retiraram seus recursos até terça-feira, 26, último levantamento realizado pela Caixa Econômica Federal. O prazo para pegar os valores termina nesta sexta-feira, 29. De acordo com dados da Caixa, existem 1,79 milhão de pessoas com alguma quantia para receber, totalizando 968,2 milhões de reais.

Ao todo a Caixa já liberou 14,8 bilhões de reais para o pagamento do PIS de 2016. O valor total soma 15,7 bilhões de reais.

Para ter direito ao benefício, é necessário ter recebido uma média mensal de até dois salários mínimos e trabalhado por, ao menos, 30 dias em um emprego formal durante 2016. Também é preciso estar inscrito no fundo PIS/Pasep há, no mínimo, cinco anos.

A quantia que cada trabalhador recebe é proporcional ao número de meses trabalhados formalmente no ano-base, e varia de 80 a 954 reais. Quem trabalhou durante todo o ano recebe o valor cheio. Quem trabalhou por apenas 30 dias recebe o valor mínimo.

Os funcionários públicos vinculados ao Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep) sacam o benefício no Banco do Brasil. Os valores destinados ao abono salarial que não forem sacados retornarão para o Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT), para pagamento de seguro-desemprego e do abono salarial do próximo ano.

 

Veja

 

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA