Fim de semana com dois homicídios em Crato e Mauriti e uma morte no trânsito

6

“Riquinho” foi morto a tiros em Crato e Paulo Anastácio em Mauriti (Foto: Reprodução/Redes Sociais)
Caiu de dez para três o número de mortes violentas na comparação entre os dois últimos finais de semana na região do Cariri. Neste, foram dois homicídios em Crato e Mauriti e uma vítima fatal em consequência de acidente de trânsito no município de Araripe. Duas mortes aconteceram na madrugada de sábado e a outra na madrugada deste domingo.

Aos 30 minutos da madrugada de sábado o ex-presidiário Luiz Fernando dos Santos Honório, de 19 anos, o “Riquinho” que residia na Rua Poeta Mário Quintana (Bairro Alto da Penha) em Crato, foi morto a tiros. O crime aconteceu na Rua Padre Ibiapina daquele bairro sendo praticado por dois homens que fugiram numa moto. Ele já tinha sido vítima de duas tentativas de homicídios e respondia procedimentos por tráfico de drogas, assaltos e porte de arma de fogo.

Já às três horas ainda de sábado o agricultor Paulo Anastácio de Sousa, de 26 anos, que residia na Rua Horácio Marcolino (Bairro Dantas) em Mauriti, foi morto a tiros na Rua Padre Argemiro Rolim na área central da cidade. Em meio aos disparos, uma jovem de 22 anos saiu baleada e a motivação do crime seria um conflito familiar. Paulo respondia procedimento por porte ilegal de arma de fogo.

Por volta das 02h30min da madrugada deste domingo, na CE-292 em frente ao Hotel municipal de Araripe, o jovem Francisco Damião da Silva Vieira, de 18 anos, que residia no Sitio Açude Novo em Salitre, caiu de sua moto. Ele ainda foi socorrido por populares ao hospital local, mas faleceu pouco tempo depois em conseqüência de traumatismo craniano. Damião procedia de uma festa de vaquejada que estava acontecendo em Araripe.

Por Demontier Tenório
Miséria.com.br

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA