Acidentes em Araripe, Barbalha e Salitre deixaram o saldo de um morto e três feridos

112


Moto e Gol vermelho ficaram bastante avariados em Barbalha (Foto: Reprodução/Redes sociais)

Além da morte do jovem Francisco Damião da Silva Vieira, de 18 anos, ao cair de sua moto em Araripe, outros acidentes deixaram três pessoas feridas em Barbalha e Salitre. Por volta das 17h30min deste domingo, na Rua Zuca Sampaio em Barbalha, houve uma colisão entre carro e moto. O piloto Luiz Cláudio dos Santos, de 36 anos, residente no Sítio Pinheiros, foi socorrido por populares em estado grave ao Hospital Santo Antônio de Barbalha.

Ele guiava sua moto Yamaha YBR de cor preta quando foi colhido por um veículo Gol de cor vermelha. A polícia foi avisada e uma patrulha da Companhia de Barbalha esteve no local quando conduziu até à Delegacia de Polícia Civil o motorista do carro Francisco Silva Martins, residente em Barbalha. O mesmo apresentava sinais de ter ingerido bebidas alcoólicas.

Horas antes, na madrugada de domingo na CE-187 em Salitre, já tinha ocorrido uma colisão entre moto e carro. O jovem Antonio Cleilton Coriolano, de 27 anos, residente na Rua Padre Cícero (Bairro Alto Alegre) em Salitre e não habilitado, pilotava uma moto Honda CG 125 de cor preta e placa de Araripina (PE) pela rodovia estadual quando bateu nm Fiat Uno Mille Way de cor vermelha e placas PEG-6247, inscrição de Salitre.

Ele sofreu várias escoriações pelo corpo e foi socorrido ao Hospital São Raimundo de Crato com suspeita de fratura na clavícula. O mesmo conduzia na garupa o adolescente Adailton Martins Menezes, de 17 anos, residente na Serra dos Helenos em Salitre, o qual sofreu vários ferimentos e fratura na perna. O motorista do carro Danilo Jorge da Silva, de 50 anos, não habilitado, mora no centro de Salitre e escapou ileso.

Antes, na noite de sábado na Rua dos Guararapes perto da Capela de São Francisco (Bairro Guarani) em Campos Sales, Cícero Guilherme Morais Silva, de 19 anos, morador daquele bairro e não habilitado pilotava uma moto Honda Fan de cor preta sem placa em alta velocidade e ainda empinava o veículo praticando direção perigosa. O garoto punha em risco sua própria vida e a dos transeuntes

Ele foi interceptado por uma patrulha com os Soldados J. Alves, Fernandes e Alencar quando passou a desacatar os policiais com palavras de baixo calão. Além disso, apresentava sinais de ter ingerido bebidas alcoólicas. Como se não bastasse, empurrou o Soldado J. Alves, tentou agredi-lo e resistiu à prisão. A embriaguez foi constatada no Posto da PRE e o garoto foi trazido para autuação em flagrante na Delegacia de Crato.

Por Demontier Tenório
Miséria.com.br

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA