Jornalista admite uso de cocaína: “Foi a minha melhor companhia”

17


Léo Dias fez algumas confissões surpreendentes em entrevista à Veja Rio (Foto: Reprodução)

Em entrevista inédita à revista Veja Rio esta semana, o jornalista especialista em celebridades Léo Dias, fez algumas confissões surpreendentes.

Entre tantas declarações, o jornalista revelou problemas com drogas. “A cocaína já foi a minha melhor companhia. Sei que envolve um tratamento sem fim e lembro disso todo santo dia”, contou.

Segundo o jornalista, o vício teria começado durante um intercâmbio na Austrália. Ele ainda confessou que chegou a se internar por conta do vício em cocaína e ecstasy no ano de 2012.

Na entrevista, Léo Dias também abriu o jogo sobre o salário: R$ 33 mil, oriundo de três empregos – O Dia, SBT e uma rádio.

Sobre as polêmicas que se envolve com as notícias que divulga, Léo disse que foi alvo de vários processos judiciais, mas que em um deles chegou até a recorrer ao divino.

Numa ação de Galvão Bueno recorreu a forças, digamos, pouco ortodoxas. Ele publicou que, em um show, o comentarista esportivo jogou champanhe na mulher, Desirée, e a empurrou.

“Uma de minhas assistentes, que é mãe de ­santo, levou o nome dos cinco advogados dele para um terreiro de umbanda”, confessou.

 

noticiasaominuto

 

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA