Outdoor expõe vereadores que votaram contra doação de prédio para o Sesc em Barbalha

6

Um outdoor instalado próximo à Secretaria de Cultura de Barbalha rachou mais ainda a Câmara de Vereadores do município nesta terça, primeiro de maio, no Dia do Trabalhador. A placa mostra os parlamentares que votaram contra a instalação do Sesc no prédio do CSU durante sessão no dia 12 de abril.

O outdoor foi encomendado por um grupo de vereadores da base do prefeito que se juntaram para pagar pelo serviço.

Quem confirma é Francisco Lira, parlamentar pelo Partido da República (PR). “Vereadores que votaram contra a vinda do Sesc para o CSU em Barbalha […] não esqueçam, em breve eles voltarão a pedir seu voto!!!!”, diz o cartaz.

Segundo Francisco Lira, o dono da empresa responsável pela instalação do outdoor recebeu ameaças para que retirasse o letreiro. Francisco diz ainda que foram encomendadas três placas, mas apenas uma foi efetivamente instalada . “O dono da empresa resolveu nos devolver o dinheiro e não fez o restante do serviço”, diz.

No final da tarde do dia primeiro de maio, um grupo de pessoas foi visto tentando apagar a imagem. Eles colocaram adesivos brancos em parte do outdoor.

um grupo de pessoas foi visto tentando apagar a imagem (Foto: Agência Miséria)

Ainda de acordo com Lira, houveram ameaças por parte dos vereadores retratados no outdoor, mas ele não especificou qual parlamentar teria o ameaçado. “Me ligaram e disseram que abririam uma CPI para apurar irregularidades contra mim”, pontuou.

ENTENDA

Os oito vereadores que aparecem no letreiro foram desfavoráveis à doação do prédio do Centro Social Urbano (CSU), avaliado em R$ 5 milhões, para instalação do SESC no município. Os parlamentares dizem não se opor à chegada do órgão, mas são contra ceder o local, que pertence à prefeitura, para construção do Sesc.

Procurado, o Presidente da Câmara de Barbalha, Everton Siqueira, não atendeu aos telefonemas.

Por Felipe Azevedo/Agência Miséria
Miséria.com.br

 

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA